Da janela



Da janela em movimento
vejo flores, vejo pastos, vejo pestes
Da janela imagino, elucido.
A paisagem é mais farta da janela
os sentimentos, mais absolutos
as respostas, mais relativas da janela.
O instante dura para sempre
e o futuro não chega nunca na janela
O céu protege e a chuva acalma
o sol norteia as horas e a hora fica rara.
Pessoas dançam lentas, mas passos correm soltos
amores se espalham e abraços ficam longe
da janela.
Casas correm, gentes param
pensamento foge ao vento e volta cheio de momento
quando paro para estar
na janela em movimento.

Comentários

Postagens mais visitadas